Ergonomia: por que a sua empresa deve estar atenta a NR17?

O risco de problemas relacionados à ergonomia é uma das principais preocupações no ambiente de trabalho. Isso porque, além de causar acidentes, esses problemas também são responsáveis por algumas doenças ocupacionais. Por conta disso, há uma norma que trata especificamente sobre o assunto: a NR17.

De acordo com essa norma regulamentadora, as empresas precisam adotar algumas medidas para evitar problemas ergonômicos. Quer saber quais são elas? A seguir, você saberá mais sobre a NR17 e os benefícios de adotar a ergonomia no ambiente de trabalho de sua empresa. Boa leitura!

O que é e como funciona a NR17?

A NR 17 tem como objetivo estabelecer parâmetros para adaptar as condições do ambiente de trabalho de modo a proporcionar conforto e segurança para os colaboradores. Isso significa que, com a adoção de algumas medidas, é possível evitar que os profissionais desenvolvam doenças ocupacionais ou sofram acidentes no local de trabalho. Dentre os riscos estão:

  • esforço repetitivo (LER);
  • levantamento inadequado de peso;
  • má postura;
  • monotonia;
  • pouca variação de posição, seja na cadeira ou em pé.

A NR17, além de tratar de questões relacionadas à postura do profissional, também apresenta uma seção específica sobre as condições no ambiente de trabalho, falando sobre elementos como iluminação, ruídos e ventilação. Isso pode afetar a produtividade ao impactar negativamente as características físicas e psicológicas do colaborador.

Como trabalhar a ergonomia no ambiente de trabalho?

O primeiro passo para trabalhar a ergonomia é criar um planejamento com base no processo de sua empresa. Para tanto, faça um levantamento dos riscos ergonômicos e estabeleça quais são as formas de preveni-los. Adote as seguintes medidas:

  • verifique a iluminação do ambiente. Os ambientes escuros induzem ao sono e ao cansaço. Os níveis de iluminação devem seguir o estabelecido pela NRB;
  • tenha cuidado com a temperatura. Ela pode causar desconforto aos colaboradores. A temperatura deve estar entre 30ºC e 23ºC, a velocidade do ar não pode ultrapassar 0,75m/s e a umidade não pode se inferior a 40%;
  • evite barulhos estrondosos. Eles atrapalham a concentração. Os ruídos não devem ultrapassar 65 dB;
  • fique atenção à postura para evitar dores e desconfortos. Por exemplo, se um trabalhador fica muito tempo sentado, precisa estar em uma cadeira confortável;
  • invista no layout para adequar o posto de trabalho de maneira mais segura e confortável;
  • tenha cuidado com o limite de carga manual e o modo como a descarga é feita. Confira a quantidade de carga que pode ser levantada de acordo com o peso do colaborador e disponibilize equipamentos adequados para a realização desse trabalho.

O próximo passo é a promoção de um ambiente saudável por meio da conscientização da equipe. Para tanto, promova palestras e treinamentos sobre os riscos ergonômicos presentes no ambiente de trabalho e as formas de evitá-los. Estimule a participação dos profissionais em situações que podem ser melhoradas.

Como a empresa se beneficia ao promover a ergonomia no ambiente de trabalho?

As empresas que promovem a ergonomia no ambiente de trabalho podem obter muitos benefícios. Dentre eles destacamos a redução de faltas. Isso acontece porque os colaboradores ficam menos suscetíveis a doenças, o que colabora para reduzir as suas faltas ao trabalho.

Dessa forma, a empresa não terá problemas com excesso de faltas — que afetaria os processos internos. A organização também deixa de ter custos, pois tem seus gastos com seguro relacionado a acidentes de trabalhos reduzidos, além de ficar livre de processos trabalhistas.

Outro benefício é que um ambiente de trabalho mais seguro e confortável permite que os colaboradores trabalhem mais motivados. Assim, há um aumento na produtividade do trabalho e na qualidade do serviço oferecido.

Se a sua empresa se preocupa com a qualidade de vida dos colaboradores, deseja estar dentro da lei e ainda valorizar a sua imagem no mercado, precisa manter-se informada e adotar medidas que a ajudem a cumprir esses objetivos. Uma das maneiras de fazer isso é promover a ergonomia no ambiente no trabalho como dispõe a NR17.

O que achou do nosso artigo? Se gostou, siga as nossas páginas nas redes sociais para se atualizar! Estamos no Facebook e no LinkedIn.

  • Share:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado! Entraremos em contato o mais rápido possível!

Fale com um Especialista

Preencha o formulário e entraremos em contato

x